Arquivo da tag: #OcupaPolítica

Simbora ocupar a política com amor e pé na porta nas eleições de 2020!

Hoje é aniversário de BH. E meu. Ela faz 122, eu 31.
 
Ela segue com suas 2.5 milhões de histórias que se entrelaçam, se completam, se materializam nestes territórios dos nossos belo-horizontes.
 
Eu continuo a minha. Hoje, não por acaso, vivencio um momento ímpar: compartilhar um desejo, uma disposição que vêm daqui de dentro.
 
Me dispus, com muita felicidade, tranquilidade e com todo meu corpo – e alma – a estar candidato a vereador de Belo Horizonte nas eleições de 2020 pelo #PSOL, partido o qual estou filiado desde 2016.
 
E eu estou feliz demais com essa decisão de ocupar a política com muito amor e pé na porta!
 
Ela que nasceu em mim e ganhou eco e escala quando compartilhei a ideia de candidatar com pessoas que, de alguma forma, fizeram parte dessa minha caminhada – e pedalada – até estes completos 31 anos.
 
Mas…Por quê?
 
Refletindo sozinho e em coletivo, em outubro deste ano, me pareceu ser importante me colocar à disposição de estruturar, potencializar e compartilhar as agendas e lutas urbanas as quais me envolvi desde 2006 agora também num processo de construção candidatura ao legislativo. E, por outro lado, fortalecer as lutas que têm seus e suas diversas protagonistas e as quais acredito ser fundamental somar esforços para avançarmos, em momentos mais áureos, e frearmos retrocessos de lutas históricas, para darmos mais corpo a uma cidade mais agradável, mais gostosa e mais convidativa a quem por aqui vive, trabalha, brinca, dança, caminha, pedala, sofre, chora, fica puto(a), perde, ganha, detesta. Ama.
 
Como?
 
A ideia é que a construção da candidatura e da futura campanha eleitoral seja um processo, um meio, e não uma chegada ou um fim em si mesmo. Quando temos a oportunidade de apreciar o trajeto, e não apenas o destino final, a viagem fica mais gostosa, mais suave, mais humana. Em caminhos assim, temos a oportunidade de contemplar o que está próximo e mirar o longínquo.
 
Neles, cruzamos e nos relacionamos com pessoas que jamais encontraríamos, se não estivéssemos dispostos(as) a irmos mais devagar, a escutar, a vivenciarmos intensamente o que está próximo, o outro, nós mesmos. O agora.
 
Do momento de um encontro sincero, afetuoso e aberto, olho no olho, mão na mão, vêm os aprendizados mútuos, as trocas, o compartilhamento de informações e conhecimentos, o desenvolvimento de novas habilidades, competências.
 
Vêm as ferramentas para a mudança real da nossa sociedade que passa, necessariamente, pelo desenvolvimento das nossas capacidades como sujeitos sociais e – por princípio – políticos. Vêm os aprendizados, as desconstruções dos preconceitos, das fobias, a construção e articulação de novos conceitos e formas de pensar e agir.
 
E os próximos passos?
 
De forma frequente e regular, ao longo dos próximos meses, com o amadurecimento de todo esse processo, compartilharei as agendas prioritárias da candidatura, a minha leitura de como o poder legislativo municipal pode contribuir com elas, as lutas que somarei forças, as potencialidades que enxergo, as (minhas) fraquezas, os limites e demais processos do caminho, de forma sempre transparente, didática e sincera, inclusive nas tretas e desvios de rota por conta de obstáculos ou por escolha própria.
 
Se por acaso esse meu desejo (de candidatar) lhe despertou alguma sensação, sentimento, pensamento, dúvida, sugestão, por favor, sinta-se à vontade para compartilhá-lo comigo aqui ou inbox. O post está aberto – como eu – justamente para ler/ouvir isso.
 
Ah…E se você quiser participar de qualquer forma desse rolé(zão!!!), também pode dizer por aqui ou inbox! Toda ajuda será, desde já, muito bem-vinda.
 
Em breve, faremos uma reunião ampliada com quem já topou contribuir com a construção da candidatura -> campanha.
 
Se você chegou até aqui, meu muito obrigado pelo carinho! <3
 
Se quiser compartilhar em suas redes, sinta-se à vontade. Será um prazer dialogar mais e com mais gente sobre essa caminhada que estamos começando. :)
 
Por fim, e mais importante, OBRIGADO às pessoas que dialogaram comigo no processo de construção do (meu) desejo e que me deram forças a tomar essa decisão!
 
Por ora, é isso.
 
Qualquer coisa, tamo aí!
Etiquetado ,

Fortaleza no Ocupa Política 2019!

Olá! Seja bem-vinda(o)!

Queremos lhe fazer um convite! 

A quê? A conhecer um movimento que estamos criando em Fortaleza!

Estamos? Quem são os sujeitos e sujeitas dessa frase? E que movimento é esse?

Vem com a gente que vamos lhe contar uma história massa!


Quando dizemos “estamos”, nos referimos a mulheres e homens, diversas(os) e plurais! Partimos de lugares diferentes destas várias Fortalezas, militamos na defesa, garantia e efetivação dos direitos humanos, há anos, e várias lutas (LGBT+, racismo, feminismos, moradia e outras).

Nós temos voz, corpos, sonhos…


Nós somos Lany, Adriana, Ari, Manu, Camila, 

E nós precisamos da sua ajuda! Por favor, continue a ver as mensagens. 


Entre 29 de agosto e 1 de setembro, acontecerá o Ocupa Política, no Recife. E nós queremos ir. Nós iremos! 

Ao todo, somos XX pessoas que querem ir ao Ocupa, mas para isso precisamos da sua ajuda. 


Ocupa Política?

O Ocupa Política é um momento em que uma rede de solidariedade, de pessoas integrantes de movimentos sociais e outras formas de organização de lutas, pensam, trocam e materializam a ocupação da política institucional de forma AFETIVA, DIVERSA, TRANSPARENTE e radicalmente DEMOCRÁTICA. 

O Ocupa Política é uma confluência de organizações, coletivos da sociedade civil e (atualmente) 16 Mandatos-Ativistas. Estamos juntas para ocupar a política institucional, potencializar candidaturas ativistas e articular uma política suprapartidária de renovação progressista nacional!

Além de pessoas de vários cantos do Brasil e de lutas distintas, estarão presentes no Ocupa figuras como Áurea Carolina, Talíria Petrone, Samia Bonfim, Fernanda Melchionna, entre outras!

Os nossos principios são:

  1. Redução das desigualdades, busca por justiça social e por outras economias, baseadas na cooperação e na solidariedade;
  2. Segurança cidadã, fim da guerra às drogas, pela valorização da vida;
  3. Compromisso com a vida, contra toda forma de preconceito e violência;
  4. Construção a partir das bases sociais, compromisso com lutas;
  5. Abertura do sistema político, reforma popular que permita à sociedade incidir nas instituições;
  6. Cultura viva, direito à cidade e aos territórios;
  7. Educação popular e cidadania como práticas transformadoras;
  8. Radicalização democrática, transparência e acessibilidade;
  9. Responsabilidade no uso de recurso público, Estado como sinônimo de excelência;
  10. Bem viver, descolonização da natureza, integração com todas as formas de vida.

Você deve estar se perguntando… “E o que essa ruma de gente vai trazer para Fortaleza?”

Vamos aproveitar o momento para utopizar, confluir e transbordar! Lá, buscaremos inspirações, capacidades e instrumentos para construirmos uma a partir de nossos corpos, desejos e práticas. 

Em contato com gente de todo o Brasil, nos oxigenaremos com o que há de mais potente em nosso país, nos fortaleceremos para o que há de vir, para nossas lutas, para as eleições de 2020.

Ocupar? Sim, o Ocupa Política, como dissemos, é um momento em que pessoas que querem ocupar a política institucional se reúnem para pensar estratégias e táticas para tal. Ou seja, estamos indo com objetivo EXPLÍCITO de buscar ideias, experiências e instrumentos para termos candidatas e candidatos nas eleições de 2020 aqui em Fortaleza! 

Estamos lutando para criar meios para que mulheres, gays, lésbicas, trans, índias e negras e negros, periferias ocupem esse espaço que, hoje, é majoritariamente de homens, brancos e ricos. 

Não se trata de nova política. É fazer política do NOSSO jeito, da NOSSA forma, com a nossas vozes e corpos!


Para participarmos em XX pessoas, nossa meta é alcançar R$ 2.500,00!

É justo que você esteja pensando “NOSSA! Quanto dinheiro. Para quê?”

Temos três metas, na verdade. 

A   é comprar uma passagem para o XX. 

A é comprar a passagem para a XX. 

Cada passagem Fortaleza <-> Recife custa aproximadamente R$ 300,00 (avião e ônibus estão com preços semelhantes). 

A é juntar o resto do recurso (R$ 1.900,00) para que todo mundo possa se alimentar e transportar pelo Recife. 


Sabemos que podemos alcançar os R$ 2.500,00, mas se isso não acontecer, tudo bem.

Todo o recurso para além das duas passagens será destinado à alimentação e translado das pessoas de Fortaleza que precisam dessa ajuda de custo, dividido de forma equânime às XX pessoas. 


Como você pode contribuir? (OBA!!!)

  1. Doando via boleto bancário, a partir de R$ 20,00. Só falar com a gente o valor que geramos o boleto na hora! 
  2. Você pode transferir qualquer valor abaixo de R$ 20,00, guardado os limites de transferência do seu banco. 
  3. Você pode comprar as passagens do XX e/ou da XX no seu cartão e pagar como você puder. 
  4. Divulgando para TODO mundo a ideia e a página http://bit.ly/diversasnorecife!

Perguntas Frequentes

  1. Como será a prestação de contas?

Todo o recurso arrecadado está disponível na planilha FORTALEZA NO OCUPA

  1. Eu posso doar e não ter meu nome divulgado?

Sim! A quem quiser, será dado anonimato.

  1. Porque vocês não estão usando uma plataforma de financiamento coleitvo?

A 1ª razão é que precisamos do recurso para AGORA (compra de passagens com antecedência!) e para jajá (para as pessoas se deslocarem e se alimentarem durante o Ocupa Política). As plataformas requerem algum tempo de aprovação e depois de finalização das campanhas. 

A 2ª é porque em todas as plataformas, há taxas administrativas ou para saques. Cada saque, por exemplo, no Vakinha custa R$ 5,00. Dois saquem, R$ 10,00. Esse valor é equivalente a um almoço.

A 3ª é porque queríamos fazer algo humanizado, entre pessoas apenas, sem intermediários.


Outras questões? Tá com dúvidas sobre apoiar ou não?

Fale com a gente! Queremos e precisamos do seu apoio e teremos prazer em conversar contigo! Qualquer coisa, mande email para fortalezaquequeremos@gmail.com ou 85981918880.

 

Etiquetado ,